quinta-feira, 30 de setembro de 2010


Escolha onde pousar. Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel . 2010
"Escolha onde pousar. Estude sempre e muito. Mantenha-se como uma livre pensadora.
Só quem pensa é capaz de mudar de pensamento.
Descobrir que mudou de idéia e decolar ou
encontrar o lugar certo e... pousar."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas

Saiba por onde você está indo. Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel . 2010
"Saiba para onde você está indo, por que está indo, com quem está indo, para que está indo.
Como farás para voltar. Apoie-se sobre si mesma. Nos seus valores fundamentais.
Não te deixes levar. Certamente te arrependerás."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Esforce-se por compreender o que te interessa. Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel . 2010
" Esforce-se por compreender o que te interessa. Faz toda a diferença."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas

A Paz é uma vigília . Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel . 2010
"A Paz é uma vigília."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas

A Paz em paz. Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel . 2010
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas


Fernanda por Fernanda . Fernanda Correia Dias
Pena de pato e nanquim sobre papel couchè
"Mantenha-se atenta e fiel à sua estrela."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Olhando para Mathilde no Blog. Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel
"Nunca estamos sozinhas."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Mathilde Correia Dias . desenho Fernanda Correia Dias
Pilot sobre papel de cobrir mesa de restaurante .
Restaurante do Alto.

Aparências . Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel . 2010
"Aparências criam enganos...
Não confie nas aparências...
(Não é um ciclista
mexicano numa bicicleta,
visto do alto...
É uma pomba
dormindo no fio elétrico...)"
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Paz . Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel . 2010
"É preciso amar.
Amar-estar-vivo e querer o bem de tudo e de todos.
Não desejar mal à si mesmo, nem à ninguém.
Construir os dias com amor e colocar amor em tudo o que fizer.
O amor é muito poderoso."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas


Fernanda Correia Dias . A Paz.
Nanquim sobre papel . 2010
"A Paz é fundamental entre os homens, mulheres e crianças de boa vontade."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Fernanda Correia Dias . Simplex .
Pena de pato e nanquim sobre papel . 2004
"O nanquim leva 60 anos para secar..."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas

De coração, para as minhas filhas . Fernanda Correia Dias .
´Desenho rápido, para visualização instantânea . Nanquim sobre papel
Explorer . Kenya e Gaya . Desenho de Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel

"Kenya e Gaya, muito amigas, divertiam-se no barquinho inflável...
Sol, verão, piscina...olhavam para mim e eu, as observava!"
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Fernanda Correia Dias. As pombas surpreendendo...
Nanquim sobre papel . 2010

"A série de pombas, foi desenhada numa única tarde.
Num fio de eletricidade da rua e diante da minha janela, ela pousou de frente para mim.
Por alguns minutos fiquei observando que "a pomba" é muito interessante...
Ela tem inúmeras atitudes curiosas. Uma é conseguir virar a cabeça completamente para trás...e parecer um pássaro sem cabeça... outra é meter a cabeça debaixo de uma asa e parecer uma bola surrealista e achatada sobre o fio elétrico... as vezes se assemelha a uma moringa suspendendo o pescoço bem alto, sem ficar na ponta dos pés... É uma bailarina... surpreendente..."
Fernanda Correia Dias
Cadernos de apartamento

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Gaya e o anel. Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel
"O pé está fixado em duas posições, porque estávamos conversando e ela de vez em quando balançava o pé...
O anel era de plástico, mas era muito importante. Ela conseguiu o anel, depois de guardar em seguidos meses, muitos cupons que ganhava nas atividades do "parque de diversões".
Naquela idade teve o sabor da conquista. Agora cresceu, amadureceu e os valores mudaram. Mas ficou a experiencia do empenho e da conquista e o desenho serve para refletir sobre a excelência dos empenhos e conquistas de todos nós."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas

Gaya . Fernanda Correia Dias .
Óleo sobre canvas.
"Esta pintura tem uma história... O caminhão que recolhia trastes das portarias dos prédios, estava com um retrato no meio da rua, onde eu lia Retrato de Heloísa.
Tive muita pena de ver "Heloísa" abandonada no meio da rua, sendo recolhida para o lixo e perguntei ao motorista quanto custava...O motorista disse que não custava nada e me entregou Heloísa...Levei Heloísa para casa e pendurei no meio da sala.
Os amigos das meninas chegavam para estudar na sala e olhavam para mim e para o retrato de Heloísa...Diziam: Como você está diferente do retrato... é você mesma? Sempre expliquei a história de Heloísa e eles morriam de ternura por mim, por ter salvo Heloísa do caminhão do lixo... Então um deles me perguntou por que eu não me pintava? Resolvi me pintar para me colocar no lugar de Heloisa...no meio da sala. E me diverti. Ficou tão bom , que fiz o retrato das meninas minhas filhas...Mas fiz as meninas numa projeção de "anos mais tarde"...Pura imaginação minha. Olhando para elas, imaginei as meninas mais crescidas e com mais idade...
Então os três retratos ficaram ótimos. As meninas cresceram e ao meu ver estão muito semelhantes ao desenho, ou melhor, ao que eu imaginei...Mas o tempo vai passar... Vamos todas envelhecer...e um dia talvez, nos levem para o caminhão de onde eu tirei Heloísa...Aliás, falando em Heloísa, nunca me afastei dela. Guardo como se fosse uma "parente"...
Alguém que me ajudava a pensar que ao menos na arte, a vida em beleza e ternura, continua!"
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Kenya e controle remoto.
Desenho de Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel
"Estes desenhos ligeiros, estão ficando amarelados, mas a menina segue para sempre jovem!"
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Gaya . Dominó . Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel.
"Cresceu, gostava de jogar xadrez e dominó comigo. Sempre me convidava e quando terminávamos, ficávamos conversando sobre todas as coisas...e eu então, para perpetuar o instante, a desenhava."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas
Gaya no restaurante da pracinha do Alto. Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel.

"O crescimento é curioso. As crianças engordam e depois alongam, dizia a minha mãe.
Gaya tinha alongado muito. Seu rosto ficou diferente. Angulou.
Seus olhos e lábios mudaram de proporção.
Eu percebi e registrei."
Fernanda Correia Dias
Para as minhas filhas


Restaurante do Alto . Kenya .
Desenho de Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel
"´Temos uma mesa e um garçon.
Todos os nossos desenhos foram sempre para a exposição na janela do restaurante do Alto.
Divertido!
Temos um banquinho verde onde tiramos fotos ao longo dos anos...
Minha mãe... a mãe dela... a Gabriela...eu... a kenya... a Gaya...a Eva..."
Fernanda Correia Dias


Algarve. Porugal . Fernanda Correia Dias
Nanquim e aquarela sobre papel . 2000
" Os buganvilles nesta rua são um espetáculo ímpar. Todas as cores."
Fernanda Correia Dias

Palmeira Leque ou Palmeira do Viajante. Fernanda Correia Dias . 2004
Nanquim em pena de pato sobre papel couche-mate

Marina de Vila Moura . Algarve . Portugal. Ilustração Fernanda Correia Dias
Nanquim e aquarela sobre papel . 2000
Pássaro-criança . Fernanda Correia Dias . 2007
Nanquim sobre papel

"As vezes a ilustração fica surpresa com o ilustrador"

Fernanda Correia Dias


As Pombas . Fernanda Correia Dias . 2010
Nanquim sobre papel

Gaya . Escuna . Maio de 2000 . Fernanda Correia Dias
Nanquim e lápis sobre papel
Kenya e os trevos de quatro folhas . Fernanda Correia Dias
Nanquim sobre papel

"Estes trevos de quatro folhas, foram trazidos e plantados por minha mãe e multiplicados por Kenya"

Fernanda Correia Dias

Kenya, Fernanda Correia Dias

kenya . Fernanda Correia Dias . Nanquim sobre papel.
7 de novembro de 1997.
Aniversário de nascimento da minha avó Cecília Meireles
"Kenya desceu do terraço com um bouquet de trevos de quatro folhas e me entregou dizendo:
Mommy, trouxe para você, hoje é aniversário da bisa!"
Fernanda Correia Dias




Agradecimento Helio d. Santos

FERNANDA, sei que agora você não mais se assusta, quando eu lhe chamo por FERNANDA, que bom!

No meu jardim virtual,

há muitos anos plantei

uma semente que herdei,

da sua avó ANNA.

Mas veja que coisa bacana,

Ao ler o seu poema, cheio de amor

E desejos, quis ser mais original...

além de mandar-lhe um beijo,

mando-lhe a flor que colhi,

antes que algum Colibri.

a beije, enciumado

por saber que do seu lado,

Eu estarei, sempre aqui....

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Alfinetes . Fernanda Correia Dias
Aquarela Windsor sobre papel indiano.
Açores. 2000

" Na casa da minha avó tinha uma árvore de alfinetes vermelhos, podada em forma de esfera...

Os passarinhos faziam ninhos dentro da esfera e ao passarmos na descida e na subida do caminho, acompanhavámos os ovinhos, os bebés e os filhotes de sanhaço crescidinhos...

Quando vejo os alfinetes, penso sempre no cuidado que tiveram os pais com as comidinhas nos biquinhos, os primeiros voos, e as quedas... as escolhas das caminhas... fio por fio tecidas...de-va-ga-ri-nho..."

Fernanda Correia Dias


Feliz aniversário, Pappy!

Peixe em Miami . Fernanda Correia Dias .
Pastel sobre papel de algodão . 1999 . EUA . Flórida
" Meu pai me ensinou sobre o mar e os peixes,
sobre o gosto gostoso dos peixes e a nadar com eles e como eles!"

"Feliz aniversário, pappy!"

Fernanda Correia Dias


Gaya. Fernanda Correia Dias . 2000


Gaya . Fernanda Correia Dias . Nanquim sobre papel. 2000
"Sempre gostei de estar próxima às minhas filhas.
Infinitos desenhos registram o quanto eu as observava."
Fernanda Coreia Dias
Para as minhas filhas.

Lírio Amarelo . Fernanda Correia Dias


Lírio Amarelo . Fernanda Correia Dias . Aquarela sobre Papel . Rua Smith de Vasconcelos 30
"Minha mãe plantou lírios, amarelo e laranja, nas jardineiras dos caminhos,
plantou rosas, limão galego, ipê rosa e muitas orquídeas.
Plantou jasmim bugari, cultivou o jasmim estrela, os alfinetes, jasmim manga,
plantou parreira...
Minha mãe plantou maracujá, tratou do abacateiro,onze-horas,íris...colônias e magnólias.
Papiros, aspargos,babosas, goiabas, costela de adão e taiobas...
Amarantas, graviolas, abíos, dracenas, pelo de urso, bico de papagaio,
abacateiro, bananeira, violetas, margaridas, azaléas,
maria-sem vergonha,Cecílias,miosótis,brinco de princesa, lanterninhas,
pinheiro, alamandas, flor-de-pedras...
erva-cidreira, cebola, alho, coentro, hortelã, espinafre e bertalha,
antúrios, treporebas, florescencias, agáveas, primaveras,..boldo, angélicas, avencas...manacás...
jades,tamanquinhos, bromélias,
Minha mãe plantou em mim um perfume no meu caminho, uma presença inesquecível,
e uma certeza tão linda que as plantas, as árvores e as flores, são para toda a vida,
excelentes companhias!"
Fernanda Correia Dias
Cadernos do Jardim

O sol, em grego Helio,

Fernanda Correia Dias. O Sol, em grego Helio, faz aniversário.
Acrilica sobre canvas . 2004.
"Diz a lenda que o Sol, em grego Helio, nasceu na primavera...
28 de setembro... para harmonizar o sistema solar...
Pensar nele é associar muitas imagens ensolaradas...
Rocha, Lagoa plácida, Pássaro da luz,
Nuvem-Serena,
vertum na água da Ilha Grande...
amar a chuva e o vento...
comer banana com peixe...
aprender a como deitar na rede...
ficar debaixo de uma árvore,
experimentando
no meio do verde,
pitomba, carambola, manga,
sapoti, ameixa, caqui,
jabuticaba...abacaxi...
Água da nascente, para a sede...
Fazer puçá, pescar siri...
comer camarão...
Observar passarinho,
nadar peixinho,
assuviar com biquinho,
vibrar a música da matemática,
a harmonia da lógica,
ouvir e contar histórias
meu partner nas Valquírias
e no Quebra-nozes...
engenheiro paraninfo da engenharia,
inteligente, brincalhão, mestre, aluno, amoroso...
pesquisador, historiador e biógrafo...exemplar...
É a sua natureza solar!"
Para o meu pai Helio d. Santos,
Fernanda Correia Dias.
27 de setembro de 2010

domingo, 26 de setembro de 2010

Fernanda Correia Dias . O Sol, em grego Helio, faz aniversário. 2010
Aquarela sobre papel
O Sol faz aniversário no dia 28 de setembro,

sábado, 25 de setembro de 2010

Fernanda Correia Dias . Fotógrafa .
Minha caixa de tintas no sol da meia noite de Marina de Vila Moura.
Algarve.Portugal . 2000
" O sol era imenso, uma bola redonda e o dia nunca acabava. Era preciso fechar as cortinas com o sol intenso, para dormir. Meia noite e o sol ali... eram os dias de claridades sonhadas... "
Fernanda Correia Dias . Caderno de Viagem . Marina de Vila Moura . Algarve. Portugal


Fernanda Correia Dias . Ou isto ou aquilo Leitura silenciosa.
Guache sobre cartão craft . 1999

"Ganhei pessoalmente das mãos da minha avó Cecília Meireles e com dedicatória: Para a Fernandinha ler para os seus irmãozinhos da Avó Cecília Meireles."

Fernanda Correia Dias . in O Diário da Fábrica de fazer nuvens


Fernanda Correia Dias . Palmeira recém transplantada em Miami Beach. Flórida. EUA. 1999

Fernanda Correia Dias . Miami . Flórida . 1999
Pastel sobre papel de algodão

" A Miami que eu conheci em 1992 estava re-erguendo-se de um abandono. A Lincon Road era habitada por muitos idosos que sobreviviam vendendo seus próprios pertences em lojas improvisadas...Era uma vida acabando e uma outra começando. Foi quando ouvi artistas dizendo que ali era a futura Meca...Os anos seguintes foram esclarecedores. Diversos ateliers de pintores, escultores e designers foram abrindo as portas e a música e a beleza foi se aproximando.O ballet estava com suas vidraças expostas e os bailarinos faziam aulas lindas...Eu os assistia da rua...Fotógrafos, modelos e produtores de moda, estavam espalhados em cada esquina...A noite, os gitanos subiam nas mesas para tocar e cantar e o público se aglomerava improvisadamente na rua impedindo o tráfego dos carros na Ocean Drive...A arte decorativa de Miami Beach, ainda tinha hotéis com idosos que fugiam das baixíssimas temperaturas de New York para estar nas portarias com seus ares de infância! Toda a arquitetura estava pintada em tons pastéis e combinações açucaradas. Essa impressão tão forte afetou minha percepção natural das verdadeiras cores das flores e do mundo circunstancialmente.Mas também me deu a certeza de uma esperança revolucionária em que a arte suavemente é o alicerce fundamental das aspirações do ser humano ao mundo sensível.Miami Beach era uma Ilha,e a prova de que tudo era possível, inclusive comer arroz branco com peixe fresco em restaurante cubano às 2 hs da manhã. Cruzei com o mundo da arte e da moda e tinha consciencia que aquele era o instante e que eu estava dentro dele."

Fernanda Correia Dias . Caderno de Viagem . Miami Beach . Flórida . 1999


Fernanda Correia Dias . Fotógrafa . Janela da minha Ilha
Residencial Alcides . São Miguel . Açores 2000
Fernanda Correia Dias . Um bom pensamento liberta .
Aquarela sobre papel . 2006
Fernanda Correia Dias . Fotógrafa . Os telhados de São Miguel . Açores 2000

Fernanda Correia Dias . Caderno de Viagem . São Miguel . Açores

Fernanda Correia Dias . Fotógrafa . Por aqui passamos todos nós.
Fernanda Correia Dias . Só quem sonha é que realiza. 2006
Aquarela sobre papel
Fernanda Correia Dias . Zínias do Algarve . Portugal . 2000
Aquarela sobre papel
Fernanda Correia Dias . Zínias do Algarve . Portugal. Aquarela sobre papel

Fernanda Correia Dias. Fotógrafa.
Mesa do meu quarto no Residencial Alcides em São Miguel.
"A poeta foi me buscar, com seu "chapéu de céu azul e hortências e
que à tarde tinha enfeites de plácida lagoa vulcânica... e à noite de nuvens e de chuva!"
Me ensinou que num único dia a minha Ilha tem as quatro estações do ano.
Tão logo nos encontramos fomos conhecer a Avenida Cecília Meireles onde ela mora,
a Escola Cecília Meireles e comprar as queijadas de Vila Franca...o doce da minha vida.
10 anos amiga! Que venham os 100, Oh... infinita!"

Fernanda Correia Dias . Caderno de Viagem. São Miguel . Açores . 2000


Fernanda Correia Dias . Campos das Oliveiras . Caminho do Algarve .
Aquarela sobre papel . 8 de Junho de 2000

" Subi as escadas da igreja da Nossa Senhora das Oliveiras...

perto da casa onde moraram meus antepassados maternos, em São Miguel... Lá fora batizada a Jacinta..."

Fernanda Correia Dias - Caderno de Viagem - São Miguel - Açores

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Fernanda Correia Dias . Retrato da linda Azaléia da casa da minha avó Cecília. Rua Smith de Vasconcelos 30.
Aquarela sobre papel . 1971


Fernanda Correia Dias . Desenho sobre papel . Rua Smith de Vasconcelos 30 .