terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Crachá Rock in Rio 1985 da Fernanda Correia Dias-30 anos

Limpeza nos arquivos e gavetas, televisão ligada a notícia sobre o aniversário de 30 anos do primeiro Rock in Rio em 1985 no Rio de Janeiro. Parece redundância in Rio no Rio de Janeiro, mas não! É que a marca agora visita outros países e no mesmo modelo de negócio mantém o nome. O realizador também se perpetua de Roberto para a filha Roberta! 
Mas... voltando ao instante das gavetas e da tv... Freddie Mercury cantando Love of my life para aquele imenso público jamais reunido num só lugar e o crachá do Rock in Rio na minha mão? Passados os 30 anos do Rock in Rio, que eu já tinha comemorado no post anterior com a primeira coleção de produtos Rock in Rio criados, fabricados e comercializados exclusivamente no evento... Este cartão plastificado com meu nome surge na hora da matéria da tv? Que ordem rege as coisas e a história das coisas? Que sincronicidade faz um cartão sumido tantos anos surgir quando falam do evento passados os trinta anos?...? Por que eu não me desfiz deste cartão plastificado em trinta anos? Por que eu estou limpando arquivos e gavetas? Por que eu arquivei este crachá na pasta que nada tem com isso para tocá-lo novamente no instante em que Freddie Mercury está cantando Love of my life...e eu sei que estou lá cantando com este crachá no meu pescoço...
Fernanda Correia Dias
in A Ordem da História das Coisas escrevendo histórias

2 comentários:

  1. Hoje, por tocar no assunto, fui buscar em minhas coisas — tenho vários ingressos e crachás guardados, pois trabalhava na Warner, nesta época —, e encontrei alguns adesivos do "EU FUI" e o meu crachá, exatamente como o seu... surpreendente como o tempo passa de forma vertiginosa.

    ResponderExcluir
  2. Uau! Divertido! Tim-tim, Santé, um brinde aos crachás de 30 anos e tomara nos permitam cantar mais trinta, Maurizzio!
    Fernanda

    ResponderExcluir